A artrose é um problema bastante desagradável, também conhecido como osteoartrite, que age no corpo atacando as articulações.

Isso faz com que a cartilagem que fica nas extremidades dos ossos, recobrindo-os, apresente desgastes, levando ao atrito.

Mais do que as cartilagens, a artrose também ataca estruturas como o líquido sinovial, os ligamentos e a membrana sinovial.

O fato é que a principal função da cartilagem é possibilitar que os ossos se movam deslizando, sem que haja atrito entre suas extremidades.

Quando essas estruturas são comprometidas, pode haver mais dor, inchaço, limitação de movimentos e outros.

O fato é que a artrose pode danificar qualquer articulação do corpo. no entanto, ela afeta especialmente as articulações das mãos, joelhos, coluna e também dos quadris.

A má notícia é que a tendência é que esse problema piore com o passar do tempo, se agravando cada vez mais, visto que não tem cura.

No entanto, a boa notícia é que um tratamento adequado pode deter o avanço da doença e melhorar a qualidade de vida do paciente, possibilitando que suas articulações funcionem melhor.

Complementando esse assunto, o Ministério da Saúde estima que cerca de 1,5 milhões de pessoas sofram com esse problema somente no Brasil.

O que a maioria delas não sabem é que como tratar a artrose naturalmente e é isso que vamos descobrir a seguir.

Como tratar artrose de forma natural

O tratamento natural com Flex Caps tem dado excelentes resultados e com certeza pode ser uma ótima opção.

Outros tratamentos caseiros para artrose devem ser feitos de forma auxiliar e complementar ao tratamento recomendado pelo médico. Isso ajuda a melhorar o prognostico e acelerar a recuperação, visto que reduz o quadro inflamatório e de dor.

Então, veja como tratar artrose naturalmente:

  • Faça atividades físicas: essa forma natural ainda vai fazer bem para a saúde. No entanto, é recomendado sempre a realização de exercícios sem impacto, tal como a hidroginástica.
  • Pilates ou fisioterapia: essas atividades podem ser realizadas até 2 vezes por semana.
  • Cuidados com a postura: estar atento a esses detalhes é fundamental para ter uma boa recuperação. É preciso ainda usar auxílios de movimentação, tais como rampas, corrimãos, e etc.
  • Massagem com óleos essenciais: alguns óleos essenciais têm poder anti-inflamatório, tais como lavanda, manjericão ou gengibre.
  • Use terapias alternativas: tratamentos como acupuntura podem ser excelentes para a melhora do prognóstico e controle da dor.

Alguns alimentos que são ricos em anti-inflamatórios também são essenciais para ajudar na melhora do problema, bem como aqueles com antioxidantes, ômega-3, cálcio e proteínas.